Publicações

Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0

Issue link: http://rdweb.uberflip.com/i/654423

Contents of this Issue

Navigation

Page 50 of 55

Notas: 49 Tipos de vômitos Qualquer tipo de vômitos da parte de um competidor deverá resultar em Kiken-gachi para o outro competidor. (Ver parágrafo: b) Doença). No caso em que um competidor através de uma ação deliberada prejudicar o adversário, a penalidade dada ao competidor que tenha causado a lesão do adversário será um Hansoku-make direto, além de qualquer outra ação disciplinar que poderá ser tomada pelo Diretor de Esporte, a Comissão de Esportes e / ou o Júri da FIJ. Quando o Médico perceber claramente - especialmente no caso de Shime- waza - que há um perigo grave para a saúde de um dos competidores pelo qual ele é responsável, ele poderá ir até a borda da área de competição e pedir aos Árbitros interromperem imediatamente a luta. Os Árbitros tomarão todas as medidas necessárias para auxiliar o Médico. Tal intervenção significará necessariamente a perda da luta do seu atleta e só deve ser tomada em casos extremos. Se um atleta de Sub18 perder a consciência durante o Shime-Waza ele não poderá mais continuar a competição. Em campeonatos da FIJ, o médico da equipe oficial deverá ser formado em Medicina e deverá se registrar antes da competição. Ele deverá ser a única pessoa autorizada a sentar-se na área designada e deverá ser identificado através de uma fita da Cruz Vermelha no braço. Quando credenciarem um médico para suas equipes, as Federações Nacionais deverão assumir a responsabilidade pelas ações de seus médicos. Os médicos deverão estar ciente de todas as alterações e as interpretações das regras. ARTIGO 30 – Situações não previstas por esta Regra Quando surgir qualquer situação que não tenha sido coberta por estas regras, deverá ser tratada e decidida pelos Árbitros após consulta com a Comissão de Arbitragem.

Articles in this issue

view archives of Publicações - Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0