Publicações

Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0

Issue link: http://rdweb.uberflip.com/i/654423

Contents of this Issue

Navigation

Page 37 of 55

Notas: 36 ARTIGO 24 – Yuko O Árbitro anunciará Yuko quando, na sua opinião, a técnica aplicada corresponder aos seguintes critérios: Quando um competidor com controlo jogar o outro competidor, mas faltar parcialmente na técnica dois (2) dos outros três (3) elementos necessários para Ippon; Quando o competidor jogar seu oponente, com controle, e o oponente cai no lado superior do seu corpo, isso deverá ser considerado Yuko. Exemplos: 1) Falta parcialmente o elemento "impacto nas costas" e também um dos outros dois (2) elementos de "velocidade" ou "força"; 2) Impacto nas costas, mas faltam parcialmente ambos os outros (2) elementos de "velocidade" e "força". b) Quando um competidor mantiver no chão através de Ossaekomi-waza o outro competidor, incapaz de se soltar por 10 segundos ou mais, porém menos de 15 segundos. APÊNDICE do Artigo 24 – Yuko Independentemente de quantos Yukos tenham sido anunciados, nenhuma quantidade será considerado igual a um Waza-ari. O número total anunciado será registrado. Artigo 25 – Artigo Revogado ARTIGO 26 - Ossaekomi-waza O Árbitro anunciará Ossaekomi quando, na sua opinião, a técnica aplicada corresponde aos seguintes critérios: a) O competidor agarrado deverá ser controlado pelo seu adversário e deverá ter as costas, ambos os ombros ou um deles em contato com o Tatame; b) O controle poderá ser feito de lado, por trás ou por cima; c) O competidor que está aplicando a golpe não deve ter nem a(s) perna (s) nem o corpo controlado pelas pernas do adversário;

Articles in this issue

view archives of Publicações - Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0