Publicações

Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0

Issue link: http://rdweb.uberflip.com/i/654423

Contents of this Issue

Navigation

Page 36 of 55

Notas: 35 b) Quando um competidor segurar firme o outro competidor através do Ossaekomi-waza, o último sendo incapaz de escapar durante 20 segundos após o anúncio de Ossaekomi; c) Quando um competidor desistir, batendo duas vezes (2) ou mais com a mão ou o pé ou disser Maitta (Eu desisto!), geralmente como resultado do Ossaekomi-waza, Shime-waza ou Kansetsu-waza; d) Quando um competidor estiver incapacitado por conta de um Shime- waza ou Kansetsu-waza. 2) Equivalência Se um competidor for penalizado através de Hansoku-make, o outro competidor deverá ser imediatamente declarado o vencedor com uma pontuação equivalente ao Ippon. 3) Situações especiais a) Técnicas simultâneas. Quando ambos os competidores cairem no Tatame depois do que parece ser ataques simultâneos, e os Árbitros não puderem decidir qual técnica dominou, não haverá atribuição de pontuação; b) No caso em que ambos os competidores marcarem Ippon simultâneo, o Árbitro atuará conforme o Artigo 19, parágrafo 5.b. ARTIGO 21 – Awassete Se um competidor obtiver na luta um segundo Waza-ari, (ver Artigo 23), o árbitro deverá anunciar Waza-ari-awassete-ippon. ARTIGO 22 – Artigo Revogado ARTIGO 23 - Waza-ari O Árbitro anunciará Waza-ari quando, na sua opinião, a técnica aplicada corresponder aos seguintes critérios: a) Quando um competidor com controle jogar o seu adversário, mas falta parcialmente na técnica um (1) dos três (3) elementos necessários para Ippon (ver Artigo 20 (a)); b) Quando um competidor segurar firme através do Ossaekomi-waza o outro competidor que é incapaz de se soltar por 15 segundos ou mais, porém menos de 20 segundos.

Articles in this issue

view archives of Publicações - Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0