Publicações

Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0

Issue link: http://rdweb.uberflip.com/i/654423

Contents of this Issue

Navigation

Page 14 of 55

Notas: 13 ARTIGO 7 - A posição e a função dos Árbitros de mesa Dois Árbitros deverão estar sentados na mesa do vídeo replay que irão arbitrar, junto com o Árbitro central com o qual estarão conectados através de fones e oferecerão assistência através do sistema vídeo CARE, de acordo com a regra da "maioria de três". Se o Árbitro observar que o placar está incorreto, ele deverá chamar a atenção do Árbitro central para corrigir o erro. Os Árbitros de mesa não deverão se antecipar a avaliação do Árbitro central. O Árbitro deverá deixar a área de competição durante as apresentações ou qualquer outra pausa demorada no programa. Se um competidor tiver que trocar algum componente do Judogui fora da área de competição, ou precisar sair temporariamente da área de combate depois que a luta tenha começado por um motivo considerado necessário pelo árbitro central, dando esta autorização somente em circunstâncias excepcionais, o Árbitro de mesa deverá acompanhar obrigatoriamente o competidor para se certificar que não aconteça nenhuma anomalia. Caso o Árbitro de mesa não for do mesmo sexo, um oficial designado pelo Diretor de Arbitragem deverá substituir o Árbitro de mesa e acompanhar o competidor. ARTIGO 8 – Gestos 1) O Árbitro O árbitro deverá fazer os gestos conforme indicado abaixo, quando tomar as seguintes ações: a) Ippon: levantará um braço com a palma da mão virada para frente, acima da cabeça; b) Waza-ari: levantará um dos braços com a palma da mão virada para baixo, lateralmente, à altura do ombro; c) Waza-ari-awassete-ippon: primeiro Waza-ari, depois o gesto Ippon; d) Yuko: levantará um dos braços, com a palma da mão virada para baixo, a 45 graus de seu corpo;

Articles in this issue

view archives of Publicações - Manual de Arbitragem - 2014-2016 - Versão 2.0